Carregando... Aguarde...

Newsletter


Marbopet 27,5mg 10 comprimidos

Preço:
52.90 R$
Marca:
Peso:
0.20 KGS
Entrega:
Calcular ao finalizar

Desculpe, mas este ítem está indisponível atualmente.

Verifique novamente numa fase posterior.

Bookmark and Share


Descrição do produto

Marbopet 27,5mg 10 comprimidos 

 

Marbopet é indicado no tratamento de infecções causadas por bactérias sensíveis a marbofloxacina, tais como infecções de pele e anexos, infecções urinárias, infecções gastrintestinais e infecções de vias respiratórias.
Agentes etiológicos suscetíveis:
Bactérias Gram negativas: Klebsiella pneumoniae, Escherichia coli, Enterobacter aerogenes, Serratia marcescens, Pasteurella multocida, Pasteurella haemolytica, Proteus vulgaris.
Bactérias Gram positivas: Staphylococcus aureus, Staphylococcus intermedius, Enterococcus faecalis.
Uso veterinário - comprimidos palatáveis
CONTRAINDICAÇÕES
QUANDO NÃO DEVO USAR?
As fluoroquinolonas são, em geral, bem toleradas e apresentam menor incidência de efeitos adversos quando em comparação com outras classes de antimicrobianos.
Podem causar artropatia por erosão da cartilagem articular em animais jovens em desenvolvimento, assim como as outras drogas desta família.
A marbofloxacina é contraindicada para filhotes de raças pequenas e médias até 8 meses de idade, e para filhotes de raças grandes é contra-indicada até 12 meses de idade, e para filhotes de raças gigantes até 18 meses de idade.
A segurança do uso em animais gestantes não foi estabelecida, sendo assim sua utilização é contra-indicada nessa situação.
POSOLOGIA
COMO USAR?
A dosagem terapêutica do Marbopet para cães é de 2,75mg/kg de peso corporal de marbofloxacina, a cada 24 horas, que é equivalente a:
1 (um) comprimido de Marbopet 27,5 mg para cada 10kg de peso corporal
1 (um) comprimido de Marbopet 82,5 mg para cada 30kg de peso corporal
A dose pode ser adequada ao patógeno causador da infecção, bem como à severidade do quadro clínico, a critério do Médico Veterinário.
Como para as demais drogas da família das fluoroquinolonas, não se recomenda sua utilização em animais jovens em fase de crescimento devido ao risco de comprometimento da cartilagem articular.
A duração do tratamento varia de acordo com o tipo, severidade e evolução do quadro clínico, com o microorganismo envolvido e individualidade do paciente, podendo variar de 4 a 42 dias.
Tratamentos com duração superior a 42 dias ficam a critério do Médico Veterinário.
EFEITOS COLATERAIS
QUAIS OS MALES QUE PODE ME CAUSAR?
Efeitos adversos leves como vômito, fezes amolecidas, alterações na ingestão de água, hiper-atividade transitória, podem ocasionalmente ocorrer.
Tais sinais cessam espontaneamente e não necessitam que o tratamento seja interrompido.
Caso ocorram sinais adversos persistentes ou de maior intensidade, o veterinário deverá ser imediatamente consultado.
ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES
O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR?
A marbofloxacina está associada raramente à excitação do sistema nervoso central, devendo ser utilizada com cautela em animais com distúrbios neurológicos.
O risco - benefício de um possível tratamento com a marbofloxacina deve ser avaliado quando houver: desordens de sistema nervoso central (epilepsia, por exemplo), doença hepática, deficiência renal.
Interações Medicamentosas
Antiácidos que contenham magnésio, alumínio, cálcio, zinco podem se ligar a marbofloxacina prejudicando sua absorção, assim como produtos a base de ferro que também reduzem a biodisponibilidade da droga.
O sucralfato também pode prejudicar a absorção da marbofloxacina, sendo recomendado um intervalo mínimo de 2 horas entre a administração destes fármacos.
Administração conjunta com teofilina pode aumentar a concentração sanguínea da teofilina.
Probenecida bloqueia a secreção tubular da marbofloxacina, podendo aumentar sua concentração sanguínea e meia-vida de eliminação.
Nitrofurantoína pode antagonizar a atividade antimicrobiana das fluoroquinolonas, sendo não recomendado associar estas drogas.
As fluoroquinolonas podem exacerbar os efeitos nefrotóxicos de ciclosporina usada de forma sistêmica.
O uso concomitante de fluoroquinolonas com cloranfenicol ou rifamicina não é recomendado devido ao efeito antagônico dos mecanismos de ação.
Associação com metilxantinas pode levar a toxicidade do SNC.
Associação com varfarina pode levar ao aumento do tempo de protrombina.
COMPOSIÇÃO
Marbopet 27,5 mg
Cada comprimido contém:
Marbofloxacina ..........27,5 mg.
Excipiente q.s.p.......... 150 mg.
Marbopet 82,5 mg
Cada comprimido contém:
Marbofloxacina .........82,5 mg.
Excipiente q.s.p. ...........450 mg.
Apresentação: Marbopet comprimidos 27,5 mg e Marbopet comprimidos 82,5 mg, disponibilizadas em blisters contendo 10 comprimidos palatáveis, devidamente acompanhados de cartucho e bula.

Marbopet é indicado no tratamento de infecções causadas por bactérias sensíveis a marbofloxacina, tais como infecções de pele e anexos, infecções urinárias, infecções gastrintestinais e infecções de vias respiratórias.
Agentes etiológicos suscetíveis:
Bactérias Gram negativas: Klebsiella pneumoniae, Escherichia coli, Enterobacter aerogenes, Serratia marcescens, Pasteurella multocida, Pasteurella haemolytica, Proteus vulgaris.Bactérias Gram positivas: Staphylococcus aureus, Staphylococcus intermedius, Enterococcus faecalis.Uso veterinário - comprimidos palatáveis


CONTRAINDICAÇÕES

As fluoroquinolonas são, em geral, bem toleradas e apresentam menor incidência de efeitos adversos quando em comparação com outras classes de antimicrobianos.
Podem causar artropatia por erosão da cartilagem articular em animais jovens em desenvolvimento, assim como as outras drogas desta família.
A marbofloxacina é contraindicada para filhotes de raças pequenas e médias até 8 meses de idade, e para filhotes de raças grandes é contra-indicada até 12 meses de idade, e para filhotes de raças gigantes até 18 meses de idade.
A segurança do uso em animais gestantes não foi estabelecida, sendo assim sua utilização é contra-indicada nessa situação.

POSOLOGIA

A dosagem terapêutica do Marbopet para cães é de 2,75mg/kg de peso corporal de marbofloxacina, a cada 24 horas, que é equivalente a: 1 (um) comprimido de Marbopet 27,5 mg para cada 10kg de peso corporal1 (um) comprimido de Marbopet 82,5 mg para cada 30kg de peso corporalA dose pode ser adequada ao patógeno causador da infecção, bem como à severidade do quadro clínico, a critério do Médico Veterinário.
Como para as demais drogas da família das fluoroquinolonas, não se recomenda sua utilização em animais jovens em fase de crescimento devido ao risco de comprometimento da cartilagem articular.
A duração do tratamento varia de acordo com o tipo, severidade e evolução do quadro clínico, com o microorganismo envolvido e individualidade do paciente, podendo variar de 4 a 42 dias.
Tratamentos com duração superior a 42 dias ficam a critério do Médico Veterinário.


EFEITOS COLATERAIS

Efeitos adversos leves como vômito, fezes amolecidas, alterações na ingestão de água, hiper-atividade transitória, podem ocasionalmente ocorrer.
Tais sinais cessam espontaneamente e não necessitam que o tratamento seja interrompido.
Caso ocorram sinais adversos persistentes ou de maior intensidade, o veterinário deverá ser imediatamente consultado.


ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES A marbofloxacina está associada raramente à excitação do sistema nervoso central, devendo ser utilizada com cautela em animais com distúrbios neurológicos.
O risco - benefício de um possível tratamento com a marbofloxacina deve ser avaliado quando houver: desordens de sistema nervoso central (epilepsia, por exemplo), doença hepática, deficiência renal.
Interações Medicamentosas
Antiácidos que contenham magnésio, alumínio, cálcio, zinco podem se ligar a marbofloxacina prejudicando sua absorção, assim como produtos a base de ferro que também reduzem a biodisponibilidade da droga.
O sucralfato também pode prejudicar a absorção da marbofloxacina, sendo recomendado um intervalo mínimo de 2 horas entre a administração destes fármacos.
Administração conjunta com teofilina pode aumentar a concentração sanguínea da teofilina.
Probenecida bloqueia a secreção tubular da marbofloxacina, podendo aumentar sua concentração sanguínea e meia-vida de eliminação.
Nitrofurantoína pode antagonizar a atividade antimicrobiana das fluoroquinolonas, sendo não recomendado associar estas drogas.
As fluoroquinolonas podem exacerbar os efeitos nefrotóxicos de ciclosporina usada de forma sistêmica.
O uso concomitante de fluoroquinolonas com cloranfenicol ou rifamicina não é recomendado devido ao efeito antagônico dos mecanismos de ação.
Associação com metilxantinas pode levar a toxicidade do SNC.
Associação com varfarina pode levar ao aumento do tempo de protrombina.

COMPOSIÇÃO


Marbopet 27,5 mg
Cada comprimido contém:
Marbofloxacina ..........27,5 mg.Excipiente q.s.p.......... 150 mg.
Marbopet 82,5 mg
Cada comprimido contém:
Marbofloxacina .........82,5 mg.Excipiente q.s.p. ...........450 mg.


Apresentação: Marbopet comprimidos 27,5 mg e Marbopet comprimidos 82,5 mg, disponibilizadas em blisters contendo 10 comprimidos palatáveis, devidamente acompanhados de cartucho e bula.

Procurar produtos similares por categoria

Escreva seu próprio comentário para o produto

Comentários

Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

Adicionar na lista de favoritos

Clique no botão abaixo para adicioná-lo Marbopet 27,5mg 10 comprimidos para sua lista de favoritos.

Você visualizou recentemente...