Comer, beber água, dormir, brincar e se coçar: essas são algumas das atividades que fazem parte da rotina dos cães. Se o seu pet dá umas coçadinhas rápidas durante o dia, não há porquê se preocupar, isso é completamente normal. Assim como nós nos coçamos às vezes, nossos cães também sentem essa necessidade.

No entanto, se seu cachorro anda se coçando com mais frequência, e por um período de tempo mais longo, algo pode estar errado. Se ele apresenta lesões, queda de pelo em alguma região (em especial naquela em que coça), ou usa a boca para se coçar, fique atento: ele precisa fazer uma visita ao veterinário.

E quais seriam as possíveis causas da coceira?

Pulgas e carrapatos: Por mais que pareça óbvio, é importante ressaltar que se a coceira é provocada por estes parasitas, não basta apenas tratar com antipulgas. A verdade é que muita gente acaba aplicando o remédio apenas quando o cachorro está passando por uma infestação, mas o ideal é fazer a manutenção deste medicamento conforme a embalagem. Ou seja: se a dose do antipulgas está atualizada, o cachorro não corre risco de infestação, e o melhor é sempre prevenir. Além disso, a picada desses parasitas pode, ainda, transmitir doenças mais sérias, como a doença do carrapato, por exemplo.

Confira também:

>> O verão está quase aí: confira os cuidados com os pets na praia

>> Três erros que os donos cometem na hora de educar seus cachorros

Alergias: As alergias são grandes responsáveis pela coceira em cães. E as causas mais comuns são:

Alimentos: alguns alimentos e mudanças na ração podem causar alergias.

Pulgas: a saliva das pulgas pode desencadear uma reação alérgica em alguns cães. Prevenir o aparecimento deste parasita é a melhor solução.

Plantas: algumas plantas podem ser responsáveis por provocar alergias no nosso cachorro.

Dermatite de contato: componentes de produtos, em especial os químicos, podem causar alergias.

Sarna: A sarna é uma doença de pele causada por um ácaro. Não existe uma vacina que previna a sarna, mas medidas curativas como shampoos específicos, pomadas e medicação podem ser adotadas pelo médico veterinário. Se seu cachorro está apresentando uma queda de pelo nas regiões dos olhos, boca ou patas, pode ser que ele esteja com sarna.

O que fazer nestes casos?

Se você está notando que seu cachorro anda se coçando muito, é fundamental levá-lo ao veterinário, que irá examinar seu pet e passar um diagnóstico. Sempre fique atento aos sinais que seu companheiro demonstra para manter sua saúde em dia!

Fonte: https://www.planoscremapet.com.br/coceira-excessiva-em-caes-o-que-pode-ser/#:~:text=Alergias%3A%20As%20alergias%20s%C3%A3o%20grandes,rea%C3%A7%C3%A3o%20al%C3%A9rgica%20em%20alguns%20c%C3%A3es.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *